Apple perde a batalha legal de Branding de Steve Jobs

A Apple não está tendo uma semana final muito boa de 2017. Já está sendo forçado a admitir que os iPhones mais antigos estavam sendo devidamente abrandados, seguido de uma oferta de substituição de substituição e desculpas, agora a Apple perdeu uma batalha legal de marca de Steve Jobs de vários anos.

Como The Verge relata, começou em 2012 quando os irmãos italianos Vincenzo e Giacomo Barbato perceberam que a Apple não tinha marca registrada o nome Steve Jobs, então eles fizeram em vez disso. Tornou-se o nome da empresa com o logotipo com base no logotipo da Apple, adicionando uma marca de mordida ao ‘J’ em Steve Jobs. Vestuário e acessórios foram oferecidos sob a marca.

Como seria de esperar, a Apple não estava mais satisfeita com o nome de seu fundador sendo usado por outra pessoa, então os irmãos foram atingidos por um processo judicial. A Apple focada no logotipo, mas porque a letra ‘j’ não é vista como um item comestível, a marca de mordida não foi vista pelos tribunais como a cópia do próprio logotipo da Apple.

RELACIONADO
Apple está pronta para abandonar o Mac
Apple está pronta para abandonar o Mac
A Apple perdeu a luta e os irmãos conseguiram manter sua marca registrada e podem continuar a usar o nome. No entanto, vai se tornar ainda mais frustrante para a Apple, já que a marca Steve Jobs não se manterá limitada a roupas e acessórios. Vincenzo e Giacomo estão planejando expandir o negócio para oferecer produtos eletrônicos, então, eventualmente, veremos gadgets ostentando o nome de Steve Jobs.

Podemos terminar vendo um smartphone e um tablet do Steve Jobs e, provavelmente, eles executam o Android. Se eles lançarem um laptop, o Windows 10 e o MacOS não seriam usados. Mas se eles escolheram oferecer esses dispositivos, a Apple teria um caso novo contra eles.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*